Moradores expõem situação de abandono em obras da Prefeitura de Nina Rodrigues

Uma moradora do Povoado Serra Limpa, zona rural do município de Nina Rodrigues, utilizou sua rede social para mostrar o descaso da Prefeitura Municipal de Nina Rodrigues, administrada pelo prefeito Rodrigues da Iara.

No vídeo, a moradora do povoado mostra a situação em que se encontra o poço artesiano da comunidade. A situação é de completo abandono pela gestão pública municipal. A obra se encontra paralisada e sem previsão de entrega.

De acordo com o relato do vídeo, a moradora deixa em evidência que a obra só foi iniciada em razão da campanha política, já que o prefeito Rodrigues da Iara estava buscando a reeleição. A denunciante faz ainda um apelo ao Ministério Público "que o Ministério Público tome uma providência disso aqui, faça alguma coisa por nossa comunidade, a gente precisa de água em nossas casas", disse a moradora indignada.

Outro ponto questionado é a falta de transparência sobre os valores da obra, no local não existe nenhuma placa indicando quanto a obra custou/custará aos cofres públicos. Confira o vídeo:



A página Nina Panorama já havia feito uma denúncia (confira aqui), em 5 de junho de 2020, mostrando a celebração de contrato com a empresa BX Empreendimentos Transportes e Serviços, para a execução de obras de abastecimento de água em diversos povoados de Nina Rodrigues, no valor de R$ 3.780.512,61 (acesse aqui).

Contrato de Prestação de Serviços


Planilha de Resumo

Recebemos também, um outro vídeo desta vez mostrando a situação do poço artesiano do Povoado Retiro, acompanhe:



O blog entrou em contato com a gestão municipal que se pronunciou diante das denúncias. A gestão alega que os recursos para a perfuração dos poços artesianos foram conseguidos através de emenda parlamentar do ex-deputado federal Sarney Filho. Como o mesmo não conseguiu se reeleger, há uma dificuldade em conseguir a liberação destes recursos. O município recebeu a primeira parcela, o que corresponde a 20% do valor total da obra e que uma nova medicação já foi feita e estão aguardado a liberação de mais recursos por meio da Caixa Econômica Federal para que seja dado prosseguimento a obra, a principio, não foi estipulado nenhum prazo para que as obras reiniciem.

Postar um comentário

0 Comentários